Fim, v.2

       Kimberly finalmente descobriu, mesmo tendo negado até o último instante, que aquele a quem ela estava amando, era uma criatura noturna e que se alimentava exclusivamente de sangue humano. Ulrich era um vampiro!
       Atordoada com a nova situação, mas incapaz de se afastar de sua Alma Gêmea, Kimberly começa, aos poucos a aprender sobre os hábitos de Ulrich, pois de uma forma ou de outra, ela sabe que irá se transformar em uma criatura noturna também.
       Em O Ciclo das Sombras: fim, Kimberly encerra uma etapa importante de sua vida para poder ingressar em um mundo completamente novo e sombrio: a vida vampírica. Neste segundo livro envolvente e emocionante, ela abre mão de todas suas crenças, ideais e convicções para seguir ao lado de Ulrich, sua Outra Parte. E, para trilhar este novo caminho, Kimberly contará também com a ajuda de Wagner, o médico vampiro, que apesar de aparentar ser cruel e desalmado, quer apenas que ela aprenda a viver sua nova existência como deve ser: de forma forte e determinada.
        Mas não será nada fácil entrar para a vida vampírica, porque, para isto acontecer, Kimberly precisará provar ao Congresso dos Anciãos que ela e Ulrich realmente são Almas Gêmeas, fato incomum entre um vampiro e uma humana.
      Porém, mesmo tendo de passar por provas muito árduas para estar ao lado de seu eterno amor, Kimberly conseguirá juntar forças tendo o apoio de seus amigos e colegas da Arts Design e de seu melhor amigo: Martin.


Fim
A escuridão em que eu caí
Tomou conta de mim
As horas não passam
E o tempo parou
Falta a essência de vida
Que me fazia sorrir
Falta a presença
Que me fazia seguir
Seguir pelo caminho que eu tracei
Pela vida que eu escolhi
Pelo ser em que me trasnformei
O brilho, a luz e a alegria
Mesmo sendo da Lua e das Estrelas
Se apagou
E, em seu lugar
O vazio ficou
Mas nem mesmo a distância
Poderá nos separar e,
Quando duas almas se encontram
pela eternidade juntas vão estar...

Michele Irigaray (07/04/2010)