Outras obras da Escritora

     Olá Leitores queridos!

     Este aqui é o espaço onde publicarei o título e o resumo dos outros livros que escrevi. Espero que gostem.    
     Se vocês se interessarem por algum destes livros, entrem em contato para saber como adquirir as obras.



   COLEÇÃO PARAÍSO DA IMAGINAÇÃO



REFERÊNCIA



IRIGARAY, Michele. A pequena sereia. Porto Alegre, 1993.




A pequena sereia

    Este aqui é o primeiro livro que eu escrevi em 1992, com 12 anos. Claro, a história já existia, mas eu adaptei e escrevi do meu jeito.
   Conta a história de Ariel, uma linda sereia de cabelos vermelhos e lindos olhos azuis que nasceu na família das Sirens. Tudo ia bem, até que Úrsula, uma bruxa malvada surgiu e deixou uma maldição: quando Ariel completasse 15 anos, iria se apaixonar pelo príncipe Érick, um príncipe humano.
    Quando Ariel completou 15 anos, ela encontrou Erick e imediatamente se apaixonou e, para completar a maldição de Úrsula, Ariel salvou o príncipe de uma tempestade no mar, impedindo-o de se afogar.
     Apaixonada pelo príncipe e indo contra as proibições de sua mãe, Ariel resolve procurar a bruxa do mar para que ela a transforme em humana, assim, Ariel poderá ficar com Erick. Mas para que isto aconteça, Ariel tem que pagar um preço muito alto para Úrsula: a sua voz.
      Será que a sereia conseguirá ficar junto de seu amor?
      Só lendo para saber o final, mas já adianto a vocês que o final é bem diferente do final da Pequena Sereia da Disney. :)

-----------------------------------------------------------------------


REFERÊNCIAGéssica e Prissilla



IRIGARAY, Michele. Géssica e Prissilla. Porto Alegre, 1993.





    Segundo livro da Coleção Paraíso da Imaginação, conta a estória de Géssica, uma linda sereia que queria ser humana e de Prissilla, uma garota que queria ser uma sereia.
    Prissilla discutia sempre com sua mãe sobre a fixação que tinha em se tornar uma sereia. A mãe da garota ficava indignada com tal ideia e sempre que podia, tentava convencer a filha de que a ideia era uma loucura. Mas não conseguia...
    Longe dali, nos mares, havia uma linda princesa sereia chamada Gessica que vivia brigando com seu pai, o rei dos mares, sobre uma estranha ideia que ela tinha em se tornar humana. O rei Tritão ficava indignado com o pensamento insano da filha em se tornar um ser humano, tentava de todas as formas fazâ-la desistir da ideia, mas sempre fracassava...
     Então, certo dia, Prissilla resolveu sair de casa e caminhar até o lago que havia perto de sua casa, pois gostava muito de ficar olhando para água.      Quando chegou lá, teve uma grande surpresa, pois havia uma sereia no lago olhando para ela. Quase não pode acreditar no que estava vendo! Finalmente, havia encontrado uma sereia! Elas existiam afinal!
    Géssica também ficou impressionada ao ver uma humana de tão perto e logo tratou de se comunicar com ela. Começaram a coonversar e descobriram que nenhuma das duas estava feliz com a vida que tinha. Então, Prissilla contou a Géssica que possuia um medalhão mágico que só funcionava à noite. Sendo assim, as duas combinaram de se encontrar na noite seguinte para realizarem os seus desejos.
    O que será que as garotas desejaram? E o que aconteceu depois?
    Só lendo o resto da estória para saber.


------------------------------------------------------------------------------------------
  
    REFERÊNCIA

IRIGARAY, Michele. Vamp. Porto Alegre, 1993.


Vamp

    Terceiro livro da Coleção Paraíso da Imanginação, Vamp é a estória de Sarah, uma jovem de 15 anos que certa manhã,
ao chegar à escola, observou que tudo estava diferente. Não havia ninguém! Os professores,
serventes, alunos e seus colegas haviam sumido! Exceto um deles: Celso.
      Naquele dia, Celso estava diferente e o que Sarah não sabia é que o colega não era um garoto normal. Ele era um vampiro.
  











--------------------------------------------------------------------------

REFERÊNCIA
 
IRIGARAY, Michele. Paraíso da magia. Porto Alegre, 1993.

Paraíso da Magia

      Juliet era uma princesa apaixonada por ler, mas seus pais queriam que ela namorasse Dawid, o príncipe do reino vizinho e largasse os livros.
    Certo dia, ela discutiu com o rei e foi para seu quarto. Lá, encontrou um livro chamado Paraíso da Imaginação e começou a ler. E, em um passe de mágica, ela entrou no livro, fazendo parte da estória.
    Juliet conheceu um rapaz chamado Dawid e estranhou um pouco, pois ele tinha o mesmo nome do príncipe do reino vizinho. Dawid lhe contou que havia sido vítima de um feitiço do poderoso Bruxo Paulo, que o prendeu no livro, ficando em seu lugar no Reino da Esmeralda.
    Para ajudar o verdadeiro príncipe Dawid, Juliet voltou ao reino para tentar fazer o Bruxo voltar para o livro, libertando o verdadeiro Dawid.
    Será que a princesa conseguirá cumprir o seu objetivo?


-------------------------------------------------------------------

REFERÊNCIA

IRIGARAY, Michele. A porta mágica. Porto Alegre, 1992.

                        A porta mágica

   Este livro, sem dúvida nenhuma, é muito especial para mim, pois esta estória baseia-se no livro de mesmo título, de Haroldo Maranhão. A porta mágica foi o primeiro livro que eu li e que despertou o gosto pela leitura e então, eu nunca mais parei de ler. Lembro que eu caminhava pela Miguel Tostes lendo este livro, mais ou menos como a Bela do filme caminhava pelo vilarejo, claro que não tive tanta sorte quanto ela em encontrar um castelo encantado...rs
   Bem, vou deixar a conversa de lado e escrever o resumo da Porta Mágica.

    A Porta Mágica conta a estória de Natasha, uma garota que tinha como rival Sabrina, outra garota que não a suportava.
   Certo dia, Natasha encontrou a Porta Mágica, um lugar onde ela poderia viver feliz.
   Será que ela foi para a Porta.
   Este é o quinto livro da Coleção Paraíso da Imaginação.











--------------------------------------------------